Conseguir alcance, impressões e tráfego de forma orgânica – não pago – é o sonho de todo mundo que tem site, e-commerce ou blog do próprio negócio. Não ter visitas no seu site, é a mesma coisa que ter uma loja física que não entra nenhum consumidor.
Por isso, trabalhar para que haja aumento no tráfego orgânico deve ser um ponto constante no planejamento. Separamos 7 dicas importantes para que você consiga atrair potenciais clientes para o seu site ou blog.

 

1 – Conteúdos Relevantes

Você já conhece o termo Inbound Marketing, certo? Se não sabe, descubra o que é Inbound Marketing nesse outro artigo da Renove Digital.
De forma resumida, é um conjunto de estratégias que consistem em atrair a atenção e o interesse das pessoas. Uma técnica que faz com que, o foco das empresas saísse dos seus produtos e passassem a ser o cliente e suas necessidades.
Crie conteúdos com foco no seu público-alvo, com riqueza de informação. Ofereça soluções para os problemas do seu público. Crie um trajeto onde, ele descubra o problema, considere a solução e escolha o seu produto/serviço como a resolução.
Desta forma, você cria autoridade no seu segmento e investe na qualificação dos seus leads. Assim, você gera mais tráfego para o seu site ou blog, através de conteúdo que gera interesse e interação.

 

2 – Aproveite as Redes Sociais

As redes sociais é o canal para a divulgação do conteúdo criado. Depois de planejar e criar o conteúdo, estude a melhor rede social e sua especificidade para cada conteúdo e para cada público.
Onde o seu público-alvo está é onde você tem que estar presente. Porém, adaptando o conteúdo com cada plataforma.
O Facebook é um ótimo canal para divulgação de posts com conteúdos em textos, imagens ou vídeos. O Instagram tem como foco o visual, então, imagens bonitas e vídeos curtos fazem a diferença. Já no Twitter, a conversa deve ser mais direta.
Portanto, o conhecimento de cada ferramenta, suas características e limitações, irão te ajudar a adaptar os conteúdos de forma mais consciente e aos poucos aumentar o tráfego orgânico.

 

3 – Frequência de postagens

Você não vai conseguir atrair mais pessoas para o seu site se criar 1 conteúdo por mês.
Sabe aquele ditado: “Quem não é visto, não é lembrado”? Pois é, para ser lembrado, a frequência de postagens deve ser constante. Ao menos 2 ou 3 postagens por semana, já irá garantir uma dinâmica.
Contudo, o segredo está em entender a dinâmica de cada ferramenta para encontrar o equilíbrio. De forma que não se ausente demais e também não seja chato e insistente, ao ponto de afastar o seu público ao invés de atraí-lo.

 

4 – Tipos de Mídia

Outra dica valiosa para aumentar o tráfego orgânico, é variar o tipo de conteúdo. Uma imagem, vídeo, texto, gif, infográfico, uma live. Explore cada tipo de mídia e crie conteúdo para cada uma delas. Identifique cada assunto e onde melhor ele se encaixaria, em um teto, um vídeo explicativo e etc.
Com essa variação, é possível identificar o que mais engaja com o seu público e, desta maneira, identificar melhor o que os agrada e o que dá mais resultado. Assim, como perceber a preferência sobre conteúdos longos, médios e curtos.

 

5 – SEO

Aplique as técnicas de SEO nos seus conteúdos.
SEO ou Search Engine Optimization, é um conjunto de técnicas que visam a posicionar sua página entre os primeiros lugares dos resultados de busca. Ou seja, quando alguém digita no campo de busca do Google, o seu produto ou serviço, você aparecerá entre os primeiros.
Essas técnicas tendem a melhorar a encontrabilidade do seu site ou blog pelos mecanismos de busca das plataformas. Entre as técnicas, as principais são: uso da palavra-chave correta, uso de links, otimização de imagens e etc.
SEO é um trabalho constante e com resultados a médio e longo prazo. Portanto, não abandone essa técnica.

 

6 – E-mail Marketing

Enviar o conteúdo certo para as pessoas certas, é uma das formas mais certas de atrair e aumentar o tráfego orgânico.
E o primeiro passo é criar uma lista de contatos segmentadas. Ou seja, grupos com características similares, pessoas que se encontram na mesma etapa dentro do funil de vendas.

 

7 – Analise os indicadores

A última dica, porém, não menos importante: crie o hábito de monitorar os principais indicadores que influenciam seu objetivo. Se você não analisar e monitorar o desempenho, fica impossível avaliar o retorno das suas ações e a otimização dos seus recursos.